terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Alergia também ataca no verão e um dos vilões é o ar-condicionado

Nariz coçando, olhos ardendo e lacrimejando, espirros sucessivos e chiado no peito. Os sintomas ‘atacam’ pessoas com problemas alérgicos e respiratórios não só no inverno, mas também no calor. Segundo o diretor da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia, Eduardo Genofre, o entra e sai da rua para ambientes com ar-condicionado e a interrupção do tratamento aumentam as crises. “No verão, muitos param de tomar o medicamento pois se sentem bem, o que é perigoso”, alerta.

Casas de praia e de campo também podem ser um problema. Como ficam fechadas por muito tempo, mofo e fungos se acumulam. Por isso, é preciso providenciar uma boa faxina antes de se chegar ao local e colocar móveis e outros objetos que acumulam poeira para ventilar, além de manter o imóvel arejado.

LIMPEZA E ÁGUA

Genofre ressalta que qualquer pessoa é suscetível às alergias. “A recomendação para todos é limpar frequentemente ventilador e ar-condicionado, manter as narinas umedecidas com soro fisiológico, praticar exercícios físicos, que ajudam a melhorar a respiração e a saúde, e beber bastante líquido para manter o organismo hidratado”, ensina.

Outra dica contra a alergia é evitar varrer a casa, o que espalha a poeira. É preferível utilizar panos úmidos para tirar o pó do chão e dos móveis. Também é prudente não usar produtos químicos com odor forte, como água sanitária e cloro.

Nenhum comentário: