domingo, 3 de janeiro de 2010

Pele linda e saudável sob o sol


O planeta está prestes a virar um caldeirão. Dados recentes sobre emissões de gases do efeito estufa indicam que a Terra esquentará mais seis graus neste século. Com isso, alertam médicos, os cuidados com a pele devem ser ainda mais intensos, pois o risco de câncer aumenta com a maior exposição ao sol. A doença registra 24,7% de todos os tumores malignos do Brasil.
O biólogo Celso Sanchez, professor da Uni-Rio, explica que as substâncias despejadas se acumulam na atmosfera, formando uma espécie de “panela de pressão”. “Nos últimos 150 anos o homem passou a jogar uma série de gases tóxicos na atmosfera, que vêm das queimadas, queima de combustíveis fósseis, entre outros fatores”, diz. Mas o cuidado com a pele não acompanhou este processo. Cerca de 70% dos cariocas não sabem usar o protetor solar corretamente, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB).

Nenhum comentário: