quarta-feira, 29 de julho de 2009

Felipe Massa deixa a UTI, mas permanecerá em hospital até domingo

A assessoria de Felipe Massa anunciou nesta quarta-feira que o piloto brasileiro seguirá internado no Hospital Militar de Budapeste até domingo. No entanto, o piloto da Ferrari já deixou a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e seguirá a recuperação do grave acidente no treino de classificação do GP da Hungria em um quarto comum.

O pai do piloto, conhecido como Titônio, ainda disse que, depois da alta hospitalar, Massa dará continuidade à recuperação na Europa. O brasileiro passou por uma cirurgia para retirada de fragmentos ósseos do rosto.

"Dependendo da palavra dos médicos, ele poderá continuar o tratamento em Paris. Se a evolução continuar tão favorável que dispense essa necessidade, ele irá diretamente para sua casa em Mônaco. A alternativa de voltar a São Paulo neste primeiro momento não está sendo considerada", explicou.

Nesta quarta-feira, Massa passou por uma ressonância que mostrou diminuição do edema. Fora isso, o brasileiro deu os primeiros passos dentro da UTI e se comunicou normalmente com os visitantes.

sábado, 25 de julho de 2009

Lula conversa por telefone com José Alencar após cirurgia

O vice-presidente da República, José Alencar, 77 anos, conversou por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva neste sábado, segundo a Globonews. Lula estava no Paraguai, onde fechou o acordo de Itaipu, e voltou neste sábado para o país, reassumindo a presidência da República, que estava interinamente com o vice-presidente.

Alencar, que luta por um câncer desde 1997, passou pela 15ª cirurgia nesta sexta-feira. Segundo o boletim do Hospital Sírio Libanês, ele se recupera bem. Alencar, que está na UTI, teria se sentado por alguns minutos na cama.

Alencar foi submetido a uma colostomia, procedimento em que parte do intestino é conectada a uma bolsa no exterior do corpo. No dia 25 de janeiro, o vice-presidente passou por uma operação de 17 horas para a retirada de tumores no abdome. Em maio, exames localizaram novos tumores no mesmo local. O vice-presidente decidiu, então, submeter-se a um tratamento experimental nos Estados Unidos para combater a doença.

domingo, 19 de julho de 2009

Virose pode causar doença cardíaca que jovem teve


A cardiomiopatia dilatada é uma doença do músculo cardíaco. A criança pode nascer com o problema ou desenvolver depois, a ter uma virose que inflama e aumenta o músculo, segundo o diretor geral do Instituto Nacional de Cardiologia do Rio (INC), Marco Antonio de Mattos.

Segundo Alexandre Siciliano, coordenador do Programa de Transplantes do INC, a unidade tem um protocolo, que está em análise, para o uso de células-tronco com coração artificial na recuperação de cardiomiopatias.

“Hoje, quando um paciente está na fila de transplante e não pode esperar, é usado um coração artificial. E há sinais de recuperação quando retira o artificial e vai fazer o transplante. Mas em apenas 5% dos casos é possível não transplantar”.

Coração volta a bater

Uma jovem britânica, que havia recebido um transplante cardíaco por sofrer de uma grave doença, recuperou “por milagre” as funções de seu coração original, revelou o jornal britânico ‘The Lancet’ em sua edição ontem. A jovem viveu com os dois corações durante dez anos, mas há três anos sofreu rejeição do órgão transplantado e, quando parecia condenada, seu coração original se recuperou, de forma inexplicável, o que foi considerado um caso inédito.

Em julho de 1995, aos dois anos de idade, Hannah Clark, hoje com 16, sofria de uma forma grave de cardiomiopatia e recebeu o transplante, mas os médicos deixaram o coração original da criança no local, em repouso. Anos depois, a jovem britânica desenvolveu câncer, como efeito colateral ao tratamento para evitar a rejeição. Após o fracasso de vários ciclos de quimioterapia, os médicos reduziram os medicamentos anti-rejeição.

Em 2005, os médicos constataram que o coração transplantado apresentava sinais de insuficiência, mas que o original voltara a funcionar, normalmente, o que permitiu retirar o órgão transplantado em 20 de fevereiro de 2006.

Hoje, três anos depois, Hannah está completamente recuperada do câncer e seu coração funciona normalmente, revelou Sir Magdi Yacoub, professor do Imperial College de Londres. “A recuperação do coração não tem explicação”, disse o especialista, emocionado. “Não tenho de tomar mais nenhum remédio, a não ser inalador para minha asma. Estou feliz porque vou começar a trabalhar com animais. Antes não podia fazer isso porque os pelos podiam afetar meu pulmão”, disse Hannah, exultante.

terça-feira, 14 de julho de 2009

As verdades da Carochinha

Médicos americanos lançam livro reunindo pesquisas que derrubam ideias sobre corpo e saúde tidas há anos como inquestionáveis. Entre elas, a de que frio causa gripe, comer à noite engorda e cortar cabelo faz fios crescerem fortes!!!

* Quem, desde criança, não foi advertido a não engolir o chiclete porque ele gruda no estômago? A não andar descalço, pois frio causa resfriado? E não comer à noite sob risco de engordar? Teriam as recomendações algum fundo de verdade? Não, segundo os pesquisadores americanos Aaron Carrol e Rachel Vreeman, que lançaram, nos EUA, o livro ‘Não engula o seu chiclete - mitos, meias verdades e mentiras sobre o corpo e a saúde’.
* O gastroenterologista José Figueiredo Penteado, professor da UFRJ, concorda quando os pesquisadores afirmam que é mentira a história do chiclete: “O aparelho digestivo elimina todos os objetos estranhos”.
* Em relação aos resfriados e gripes, eles não têm relação com mãos e pés frios. Estas doenças são, na verdade, consequência do fato de as pessoas se aglomerarem em locais fechados para escapar do frio e se tornarem mais passíveis de ‘pegar’ o vírus de quem está ao lado, diz o livro. Outro dos trabalhos citados no livro foi feito na Suécia e revelou que o ganho de peso está ligado apenas à quantidade de calorias consumidas ao longo do dia, e não ao horário — engorda-se do mesmo jeito, de dia ou à noite.
*Mais uma das supostas verdades é a de que cortar o cabelo o faz crescer mais forte e rápido. “O cabelo é composto por células mortas, portanto o corte não interfere. Ocorre é que quando se corta com frequência o crescimento é mais observado, dando a impressão de que os fios crescem mais”, esclarece a dermatologista Regina Schechtman, da Santa Casa de Misericórdia.

Ideias em que muitas mães acreditam

Quem é mãe já ouviu dizer que a febre pode ser sintoma do nascimento de dentes no bebê, mas Aaron e Rachel garantem que é mito. “Realmente existe este conceito, mas não é correto afirmar que a febre é um sintoma da erupção dentária. O bebê poderá ter período de irritabilidade, pois pode haver incômodo local onde nascerá o futuro dentinho”, explica Alberto Chacur, chefe da pediatria do Hospital São Vicente de Paulo.
Outro mito apontado é o de que mulheres que amamentam podem consumir bebidas alcoólicas moderadamente. Segundo Chacur, o álcool passa pelo leite materno e pode causar danos ao bebê. “Além disso, o consumo de bebidas alcoólicas altera os níveis hormonais que favorecem a lactação. Por isso deve ser evitado durante o período”, alerta. Outro mito apontado é o de que açúcar deixa a criança hiperativa. “Não há comprovação científica que sustente essa tese”, diz o pediatra.

domingo, 12 de julho de 2009

Sexo diário melhora o esperma e aumenta chances de gravidez, diz estudo

Ciêntistas pedem cautela, porém para que, produz pouco espermatozóide !!!!!!
Pesquisadores da Sociedade Européia para reprodução e Embriologia afirmam em novo estudo Australiano que fazer sexo todos os dias melhora a qualidade do esperma e aumenta as chances de gravidez.
O estudo foi apresentado em um seminário na Holanda. De acordo com os cientistas, análises apontam que 8 em cada 10 homens apresentaram uma melhora média de 12% nos danos do DNA do esperma depois de sete dias de ejaculação diária.
O conselho geral para os casais tem sido : fazer sexo a cada 2 ou 3 dias.