quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Governo vai oferecer testagem rápida para detectar Aids no Carnaval

Preocupado com o aumento da Aids, principalmente no Carnaval, quando há maior vulnerabilidade, o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), oferecerá aos foliões a testagem rápida, técnica laboratorial capaz de informar o resultado em poucos minutos.Os resultados dos exames serão entregues individualmente, em sigilo. O folião que for detectado com o HIV positivo será orientado a procurar acompanhamento médico especializado. O posto para a testagem rápida ficará localizado no Pelourinho.A informação foi dada durante o lançamento da Campanha de Prevenção de DSTs/Aids, no Museu Eugênio Leal, quando o cantor e compositor Gerônimo, Rei Momo do Carnaval 2009, foi escolhido pela Sesab para receber o troféu Artista Voluntário na Luta contra a Aids.Para o artista é importante fazer campanhas de prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis na festa momesca. “O carnaval é uma festa maravilhosa, mas não podemos nos desligar de coisas sérias como as DSTs e a Aids. Por isso que essas campanhas são importantes para conscientizar a todos”, afirmou Gerônimo.O teste para detecção da Aids faz parte da “Fique Sabendo”, uma ação do Ministério da Saúde, e um dos objetivos, segundo a coordenadora do Programa Estadual de DSTs/Aids, Maricélia Macedo, é possibilitar às pessoas infectadas acesso ao tratamento a fim de reduzir a taxa de adoecimento e mortalidade.A coordenadora explica que, antes do teste, todas as pessoas passarão por uma entrevista, logo após o resultado do exame. O soropositivo detectado terá acompanhamento psicológico, será encaminhado a um tratamento e receberá medicação gratuita. Além da testagem rápida, serão distribuídos aos foliões preservativos e materiais da campanha. Dos 550 mil preservativos destinados à Bahia, 300 mil serão para Salvador. Diferente das campanhas anteriores, quando eram focados grupos específicos, este ano, com o tema “A Aids está onde você nem imagina. Use camisinha”, a Sesab propõe uma campanha para o público geral.
Estatísticas
De acordo com dados do Boletim Epidemiológico do Programa Nacional de DST/HIVAids, de 1980 a junho de 2008 foram notificados 506.499 casos de Aids no país. A Bahia, de 1982 a 2008, registrou 9.872 casos em adultos e 345 casos em crianças. Em 2008, foram notificados no estado 479 HIV positivo, sendo 281 em homens e 198 mulheres e 12 em crianças.
Fonte: COREN - DF

Nenhum comentário: