segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Após cirurgia de 17 horas, Alencar passará por quimioterapia

O vice-presidente da República, José Alencar, 77 anos, será submetido a uma quimioterapia complementar após se recuperar de uma cirrugia, informaram nesta tarde os médicos Roberto Kalil Filho e Paulo Hoff. Alencar foi submetido à operação de aproximadamente 17 horas, que acabou por volta das 3h desta segunda-feira, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O político teve retirado um tumor abdominal.
"O pós-operatório do vice-presidente ocorre de acordo com o previsto. Ele está na UTI, sedado e as próximas 24 horas serão monitoradas hora a hora", afirmou o cardiologista Roberto Kalil Filho. De acordo com o médico, o quadro cardíaco de Alencar é estável.
Segundo o oncologista Paulo Hoff, a recuperação de Alencar deve ser mais lenta do que nas cirurgias anteriores, pois o trabalho que foi realizado foi mais complexo. Contudo, o médico afirma que o vice-presidente "apresenta uma recuperação excepcional, ele é uma pessoa forte e a sua fisiologia tem um estado muito bom para a sua idade".
Kalil Filho disse que, em um primeiro momento o vice-presidente só receberá as visitas de parentes, mas ainda esta semana serão liberadas outras visitas. De acordo com nota do hospital, o vice-presidente respira por aparelhos e mantém todos os sinais vitais normais, inclusive com bom funcionamento do rim.

Nenhum comentário: